quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O Portal Surubim deseja a todos os seus visitantes um Natal abençoado e um Ano Novo repleto de realizações. 
Em 2013 estaremos juntos outra vez!

João Paulo Lima
Diretor do Portal Surubim

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

UFRN ultrapassa UFPE e torna-se melhor universidade do Norte-Nordeste


33874de570aefe890627386550d285aa.jpg
O posto antes era ocupado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em nível nacional, a UFRN ocupa o 21º lugar.
Foto: Internet

Kívia SoaresDo NE10/Rio Grande do Norte
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu a melhor avaliação dentre as instituições de Ensino Superior das regiões Norte e Nordeste, pelo Índice Geral de Cursos (IGC). O posto antes era ocupado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em nível nacional, a instituição ocupa o 21º lugar. A reitora, Ângela Maria Paiva Cruz, divulgou nota no final da tarde desta segunda-feira (10) sobre a conquista.
“Quero parabenizar a todos e a todas pelo resultado alcançado, na certeza de que, juntos, enfrentaremos o desafio de manter a nossa universidade sempre entre as melhores do Brasil, intensificando a luta por uma educação pública, gratuita, laica e de qualidade”, destacou a reitora.
A UFRN, que tinha se classificado em 3º lugar na avaliação anterior, conquista o 1º lugar com o conceito 3,66, equivalente à faixa 4 do Índice. O IGC é um indicador de qualidade de instituições de educação superior, que considera, em sua composição, a qualidade dos cursos de graduação e de pós-graduação (Mestrado e Doutorado).No que se refere à graduação, é utilizado o CPC (conceito preliminar de curso) e, no que se refere à pós-graduação, é utilizada a Nota Capes. O resultado final está em valores contínuos (que vão de 0 a 500) e em faixas (de 1 a 5).
Ainda segundo a nota da reitora, “a UFRN mais uma vez obteve posição de destaque entre as melhores universidades brasileiras, na avaliação feita pelo INEP através do IGC de 2012, divulgado nos últimos dias.E tem aproveitado asoportunidades para expandir e melhorar a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão; democratizar o acesso dos jovens à universidade com o aumento das vagas e promovendo a inclusão social, através das políticas de assistência ao estudante; contribuindo, assim, para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e da região Nordeste”, destacou.
Este ano foram avaliados 30 cursos da UFRN no ENADE 2011, o índice considera pontos como professores, desempenho dos estudantes, proposta pedagógica, infraestrutura, entre outros. Ao todo, 11 cursos obtiveram  nota máxima,  nove deles no Campus Central e dois no Centro de Ensino Superior do Seridó(CERES), da cidade de Caicó.
“Essa é uma conquista de todos os integrantes da comunidade acadêmica - gestores, docentes, servidores técnico-administrativos e discentes.Afinal, juntos econtinuamente, fomos capazes de desenvolver e implementar projetos institucionais inovadores, submetidos ao permanente processo de avaliação, na perspectiva de levar a universidade a avançar, cada vez mais, no cumprimento da sua missão institucional e seu compromisso social”, finalizou.
Fonte: Ne10

Escritora Holandesa, falando sobre o Brasil


“Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado. Só existe uma companhia telefônica e pasmem: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.
Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo – ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.
Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal – e tem fila na porta.
Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.
Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de ‘Como conquistar o Cliente’.
Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos.
Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa. Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc. Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.
4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
5. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.
8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.
9. Telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas..
10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.
11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?
2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?
3. Que suas AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE ganham os melhores e maiores prêmios mundiais? :)
4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?
6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem? Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando.
É! O Brasil é um país abençoado de fato. Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos. Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques. Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente. Bendita seja, querida pátria chamada BRASIL!”
Fonte: Todo Canal

Eletro Shopping Surubim oferece vagas de emprego


 
A Eletro Shopping Surubim está oferecendo vagas para  caixa, com ensino médio completo e experiência na função. Os interessados entregar currículo na loja aos cuidados do gerente Antônio. 
Também está sendo oferecida vaga para PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Os interessados devem entregar currículo na loja, ao gerente Oliveira.
O endereço da loja é a  Avenida Agamenom Magalhães, 20 - Centro/ Surubim PE.
 
Fonte: Eletro Shopping Surubim


quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Dilma sobe no ranking dos mais poderosos do mundo


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é a pessoa mais poderosa do mundo pelo segundo ano consecutivo, seguido pela chanceler alemã, Angela Merkel, e pelo presidente russo, Vladimir Putin, segundo a lista publicada pela revista “Forbes” nesta quarta-feira, de acordo com O Globo.

Dilma Rousseff, terceira mulher no ranking, aparece na 18ª posição. A lista leva em consideração a quantidade de população sobre a qual estas personalidades exercem poder, os recursos que controlam, o número de áreas que sua influência alcança e como a utilizam.
O vencedor das eleições presidenciais americanas lidera o ranking por ser “o comandante-chefe do Exército mais poderoso do mundo e a cabeça da superpotência econômica e cultural”, segundo a publicação.

Fonte: Blog do Magno

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Sesc abre seleção e oferece vagas em Surubim


O Sesc Pernambuco abre inscrições entre os dias 3 e 26 de dezembro para o maior processo seletivo da entidade desde que as provas começaram a ser aplicadas, em 2008. Serão 384 vagas, incluídas as vagas para pessoas com deficiência e cadastro de reserva. Os candidatos classificados poderão ser lotados nas unidades Sesc em todo o Estado, além das futuras unidades do Sesc em Goiana e Pesqueira, previstas para serem inauguradas em 2013. A maioria dos cargos é para contratação imediata.

São 384 vagas distribuídas em 66 cargos para os níveis Superior (34), Médio/Técnico (23), e Fundamental (9). Destas, 66 vagas serão reservadas para candidatos com deficiência. Os cargos para as unidades de Goiana e Pesqueira estarão vinculados às inaugurações desses espaços, previstas para 2013. O valor das inscrições é de R$ 60 reais para cargos de nível superior, R$ 45 reais nível médio e R$ 35 reais para o nível fundamental. A taxa deve ser paga em casas lotéricas conveniadas com a Caixa Econômica Federal até o dia 27 de dezembro. 

As provas serão aplicadas no dia 27 de janeiro de 2013, na Região Metropolitana do Recife e nas cidades do interior (Araripina, Arcoverde, Belo Jardim, Bodocó, Buíque, Caruaru, Garanhuns, Goiana, Pesqueira, Petrolina, Surubim e Triunfo) e abordarão questões de conhecimento específico e língua portuguesa para todos os cargos. Os candidatos às vagas de motorista e cozinheiro passarão ainda por uma segunda fase, de caráter prático. Vai haver análise de títulos para os cargos de Professor I e Professor II.

Entre as condições gerais para contratação estão: ter idade superior a 18 anos; não ter relações de parentesco (em 1º, 2º e 3º graus) com funcionários ou dirigentes do Sesc, Senac ou Fecomércio-PE; estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (para o sexo masculino); submeter-se aos exames médicos admissionais e apresentar a documentação comprobatória do preenchimento dos requisitos exigidos para o cargo para o qual foi aprovado. 

A entidade seguirá as normas do regulamento interno da instituição e da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que regem as relações de trabalho das empresas e instituições privadas. O concurso tem validade de dois anos, podendo ser renovado por igual período a critério do Sesc Pernambuco.
Informações, inscrições e edital no site www.upenet.com.br. Dúvidas pelo telefone (81) 3031.9060.

Fonte: Sesc

sábado, 24 de novembro de 2012

IFPE abrirá novo campus no Cabo até 2014


458c15c942d0bebf635afc5b471231bf.jpg
O campus do Cabo deverá ser o décimo do Instituto Federal de Pernambuco
Foto: Isabelle Figueirôa/ NE10

Do NE10
O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), terá um novo campus funcionando no Cabo de Santo Agostinho até 2014. A área de 15 hectares localizada na cidade planejada Convida Suape será doada pela prefeitura do município ao instituto, que deve formar profissionais voltados para atender as demandas do complexo portuário. A doação deverá ser assinada na próxima segunda-feira (26) na Prefeitura do Cabo.

Inicialmente, o novo campus contará com três cursos nas áreas de indústria naval, gastronomia e metal mecânica. Segundo a reitora da instituição, Cláudia Sansil, a escolha dos cursos foi determinada por uma pesquisa prévia que apontou as necessidades do mercado. No começo, serão 40 alunos, sendo 240 vagas por semestre nos turnos da manhã, tarde e noite.

A área onde ficará o instituto pertence às empresas Cone S/A e Moura Dobeux, responsáveis pela Cidade Convida Suape. Elas doarão o terreno à prefeitura do Cabo de Santo Agostinho que, por sua vez, irão repassá-lo para o IFPE. Depois da assinatura do repasse, que será feita pelo prefeito Lula Cabral, começa o processo de licitação. A expectativa é de que as obras comecem no primeiro semestre de 2013 e o custo das obras ainda não foi estimado.

O futuro prédio contará com centro de pesquisa, encubadora de empresas, laboratório e uma creche, que deve atender alunas e servidoras que sejam mães. Espera-se que após um ano de funcionamento, o IFPE tenha formado 480 profissionais para o mercado e diversos empregos entre prestadores de serviço e servidores contratados.

O novo campus faz parte da estratégia de ampliação da instituição no Estado, que já tem sedes no Recife, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Caruraru, Garanhuns, Ipojuca, Pesqueira e Vitória. Também estão previstos mais sete novos campi, incluindo o do Cabo, que devem totalizar 16 sedes do instituto.
Fonte: Ne10

Compesa abre concurso com salários de até R$ 5,2 mil


(Foto divulgação)
A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) publicou, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (22), edital de concurso público que disponibiliza 40 vagas. São 23 oportunidades para o nível técnico – sendo duas para portadores de deficiência – e 17 para quem tem nível superior – com quatro para pessoas com deficiência. As iniciais variam entre R$ 1.470,78 e R$ 5.287. Os candidatos aprovados e contratados serão regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
As vagas de nível técnico são para os cargos de assistente de saneamento e gestão para cinco especialidades: técnico em segurança do trabalho, técnico operacional/eletrotécnica, técnico operacional/eletrônica, técnico operacional/química e técnico operacional/saneamento. Para estas funções, a remuneração é de R$ 1.470,78.
Já os candidatos de nível superior podem concorrer para o cargo de analista de gestão em cinco especialidades: enfermeiro do trabalho, biólogo, contador, médico do trabalho e advogado. Para esses casos, o salário é de R$ 3.307,80. Ainda estão disponíveis vagas de nível superior para analista de saneamento nas áreas de engenharia de produção e engenharia mecânica. As iniciais são de R$ 5.287.
A seleção do certame será realizada através prova objetiva. O exame tem aplicação prevista para o dia 27 de janeiro de 2013. O resultado final deve ser divulgado no dia 19 de fevereiro. O prazo de validade do concurso será de um ano a contar da data da homologação de seu resultado final no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Compesa.
O período de inscrições começa na próxima segunda-feira (26) e segue até o dia 16 de dezembro, no site do Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe). As taxas de participação são de R$ 50, R$ 70 e R$ 100. Os pedidos de isenção devem ser solicitados entre os dias 26 deste mês e 2 de dezembro. A divulgação das isenções deferidas deve sair até 7 de dezembro.
Fonte: Compesa

Fonte : Folha de PE

Vereador solicita rodovia ligando Machados a Orobó

O vereador de Machados, Hélio Mota, cobrou ontem do secretário dos transportes, Isaltino Nascimento (PT), a conclusão da PE-088 que liga sua cidade a Orobó. Se essa obra for concluída, diz ele, “deixaremos de ser uma cidade fim de linha para ser uma cidade de passagem (em direção à Paraíba)”.

Fonte: Inaldo Sampaio/Fogo Cruzado

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Orquestra Sinfônica Jovem fará apresentações em surubim e Santa Maria do Cambucá


Orquestra Sinfônica Jovem volta a se apresentar no interior de Pernambuco

Nesta sexta-feira (23), a Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano de Música pega a estrada para levar a música erudita ao interior do estado, realizando concertos em homenagem especial aos 100 anos de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.  Sob a regência do maestro José Renato Accioly, os 70 integrantes da OSJ, apresentam-se nos municípios de Santa Maria do Cambucá (23) e Surubim (24). A turnê, que faz parte do projeto Circuito Sinfônico, patrocinado pela Chesf, Governo do Estado e Ferreira Costa, traz um repertório que inclui Sivuca, Maestro Duda, Adelmo Arcoverde, Paulo Arruda, Tchaikovsky e Beethoven.   

“Esta turnê é muito importante para a OSJ. Fizemos um repertório todo especial já pensando nessas cidades. Estamos prestando uma justa homenagem a Luiz Gonzaga”, explica o regente e idealizador do projeto Circuito Sinfônico, José Renato.
Do paraibano de Itabaiana, Sivuca, falecido em 2006, será executado o Concerto Sinfônico para Asa Branca com o solista Júlio Cesar, no acordeon. A peça, do início dos anos 80, foi a primeira incursão de Sivuca em composições para orquestra sinfônica. O músico costumava dizer que Luiz Gonzaga foi o sanfoneiro que inaugurou uma espécie de escola do instrumento no Brasil.

O outro nordestino do repertório, José Ursicino da Silva, o Maestro Duda, fez, especialmente para o ano do centenário, o seu Tributo a Luiz Gonzaga “O Rei do Baião”. Reconhecido internacionalmente como um dos maiores regentes, compositores, arranjadores e instrumentistas de todos os tempos e, em especial, do frevo, o maestro Duda nasceu em Goiana, interior de Pernambuco, em 23 de dezembro de 1935. Aos oito anos, começou a estudar música; aos 13, escreveu seu primeiro frevo, batizado “Frevo Furacão”. Segundo cálculos do próprio maestro, ele já gravou “mais de 500 discos”. A peça de Duda feita para o centenário é praticamente inédita, tendo sido interpretada pela Orquestra Sinfônica Jovem do CPM durante esta temporada.

Também como atração da noite a “Marcha Eslava”, de Piotr Ilich Tchaikovsky. A Marcha Eslava, Op. 31, foi composta em 1876. A Sérvia encontrava-se em guerra com o império turco-otomano. A Rússia, que apoiava abertamente os sérvios - e em particular, Nikolai Rubinstein, amigo de Tchaikovsky -, requereu que Tchaikovsky compusesse uma peça orquestral a fim de auxiliar os sérvios feridos por meio de um concerto beneficente. Muitos russos simpatizaram com aqueles considerados companheiros eslavos e cristãos ortodoxos, enviando, à Rússia, soldados voluntários e apoio em geral aos sérvios.

Ela foi interpretada pela primeira vez em Moscou, em 17 novembro de 1876, por Nikolai Rubinstein, e obteve uma recepção calorosa do público. A marcha é muito programática na sua forma e organização. Vai da velocidade de uma marcha fúnebre, no início, a um clímax orquestral majestoso.

Ainda dentro do repertório, a abertura de Egmont, de Ludwig Van Beethoven, feita para uma peça de teatro escrita por Goethe. Com início sombrio, o andamento vai aumentando, recaindo num Allegro vivaz conduzido pelos cellos até que o tema introdutório é desenvolvido por toda a orquestra, tornando-se mais e mais rítmico até tornar-se festivo e triunfante.

O projeto Circuito Sinfônico 2012 da Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano de Música termina em dezembro. Até lá terá passado por 18 cidades de Pernambuco levando os 70 músicos com idades entre 14 e 28 anos. O projeto foi criado em 2006 e desde então já fez 150 apresentações, passando por cerca de 40 cidades do litoral ao sertão, em mais de 25 mil quilômetros percorridos.

Todas as apresentações são precedidas por um concerto-aula para alunos da rede pública (durante a tarde). Nessa ocasião, o maestro mostra o funcionamento da orquestra, os diversos instrumentos e a regência.  
Orquestra Sinfônica Jovem de Pernambuco, fará concerto gratuito em Surubim amanhã (24), às 20h, na Igreja Matriz de São José. Nesta sexta (23), eles se apresentam em Santa Maria do Cambucá, também gratuitamente, e farão uma homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga.
Fonte: VERBO Assessoria

Surubim ganha CIRETRAN regional



FÁTIMA: modelo dará agilidade ao atendimento
Surubim ganhará a primeira Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de modelo padronizado do Estado. O lançamento da pedra fundamental da construção do novo prédio acontece na próxima sexta-feira, quando também será apresentado o projeto do novo equipamento, que inclui um sistema de gerenciamento de filas, pátio deexame e o serviço de vistoria eletrônica. As obras estão previstas para acabar em dezembro de 2013 e o investimento na nova unidade será de mais de R$ 3,5 milhões. A Ciretran funcionará no terreno do Detran, no trevo de entrada da cidade, na PE-90.

“O modelo padrão vai dar um funcionamento linear à loja. Teremos o pré-atendimento com quatro funcionários que irão direcionar os cidadãos e dar agilidade. Já no autoatendimento se­rão quatro totens onde as pessoas vão poder realizar até 30% dos serviços. Só vai entrar na Ciretran realmente quem não puder resolver a questão nos totens”, esclareceu a diretora do Detran Pernambuco, Fátima Bezerra.

Sobre o novo sistema de gerenciamento de filas na unidade, a diretora explicou que os clientes serão separados por serviços. Fátima destacou que a nova loja, com capacidade de atender 800 pessoas por dia, será referência ainda para as cidades de Santa Maria do Cambucá, Frei Miguelinho, Vertente do Lério e Casinhas. Todos os serviços para habilitação e para os veículos serão oferecidos.
 Fonte: Folha de Pernambuco

Escolas públicas receberão tablets em 2013


Já tem um tempo que o Ministério da Educação planeja distribuir tablets nas escolas do país. Ele começou ainda quando Fernando Haddad estava à frente da pasta e continuou com o seu sucessor, o ministro Aloizio Mercadante, que finalmente entregou as primeiras 200 unidades dos tablets.
Eles são destinados a coordenadores estaduais do Programa Nacional de Tecnologia Educacional, além de representantes de universidades federais. No entanto, mais tablets – quase 5.000 no total – chegarão a professores de escolas públicas em 2013.
Os tablets possuem tela de 7 polegadas e cada um deles custou cerca de R$280 ao MEC. Também há um modelo de 10 polegadas, que custou cerca de R$ 460 por unidade aos cofres públicos. De acordo com o site oficial do Ministério da Educação, os aparelhos têm processador de 1 GHz, resolução de 1024×600 pixels, conexão Wi-Fi e 16GB de armazenamento interno. Eles foram produzidos pela Positivo e Digibras e, segundo a Agência Brasil, modelos com as mesmas especificações custam a partir de R$ 799 nas lojas.
Por enquanto, apenas os coordenadores de cursos de formação receberam os tablets. A ideia é que os professores sejam treinados para usar os dispositivos na sala de aula, como explica a Agência Brasil: Para dar início à capacitação pedagógica de professores do ensino médio da rede pública de todo país… os coordenadores do programa farão curso de formação para, em seguida, treinar os multiplicadores, que formarão os professores em cada estado participante.
Os modelos escolhidos não parecem ser os mais sofisticados, mas é inegável que o uso da tecnologia nas salas de aula tem tudo para ser benéfico, principalmente vendo os planos de como os dispositivos serão usados: o MEC diz que cerca de 15 mil aulas estarão disponíveis para serem usadas pelos professores, e que obras literárias e livros didáticos escolhidos pelo ministério também terão versões digitais.

Fonte: Portal MSN

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Surubim sonha com uma faculdade

 
Foto: João Paulo Lima

Há anos o Município de Surubim sonha em receber uma faculdade presencial. A cidade que é umas das maiores do interior, com 60 mil habitantes, é o único polo do Agreste Setentrional que não possui um centro de educação superior, diferentemente de Limoeiro e Santa Cruz do Capibaribe, que tem a FACAL e a FADIRE, ambas com cursos que na área de Administração e Ciências Contábeis.
Consolidando-se ultimamente como uma das mais importantes cidades pernambucanas, com um importante polo comercial, médico e educacional, a população surubinense vê-se obrigada a ter que cursar seu ensino superior em cidades vizinhas como Nazaré da Mata, Limoeiro, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Umbuzeiro, Campina Grande, Vitória de Santo Antão e na capital Recife.O enorme quantitativo de alunos que poderiam gerar emprego e renda no município é deslocado diariamente  para outros municípios em ônibus, muitas vezes correndo risco de segurança nas estradas.
Dona da maior rede bancária da região e sede de diversos órgãos de magnitude regional, como o SASSEPE, 22º BPM, OAB, Tribunal de Contas, Delegacia da Mulher, CIRETRAN, Justiça do Trabalho, TRE, entre outros órgãos, Surubim vê-se descoberta no que se refere a presença de instituição de educação superior que atraia indústrias e investimentos do terceiro setor, bem como gere formação de mão-de-obra qualificada.
Atualmente funciona na cidade um polo da Universidade Aberta do Brasil(UAB), localizado no bairro São José, o qual oferece mais de 20 cursos, de técnicos a pós-graduação, atendendo a cerca de 1500 alunos da Região Metropolitana, Zona da Mata e Agreste de Pernambuco. No entanto, por ser uma faculdade de educação a distância, muitas pessoas não conhecem os benefícios dessa modalidade de ensino, preferindo optar pelo ensino presencial.
Apesar de ter importantes políticos no cenário estadual e nacional, a exemplo do ex-senador Antônio Farias, dos deputados Gonzaga Vasconcelos, Geraldo Barbosa, José Augusto Farias e mais atualmente do deputado federal Danilo Cabral, a Capital da Vaquejada não foi capaz ainda de viabilizar a instalação de uma universidade pública em suas terras.
Caminhando cada vez mais para a ampliação do setor industrial, recebendo importantes investimentos como a construção de uma fábrica de cimento e de uma indústria de massas,  além de ser a quarta maior produtora do Polo de Confecções, a Joia do Agreste necessita urgentemente da presença de uma faculdade, para garantir pessoas qualificadas para o mercado de trabalho local e regional, em larga ascensão.

Por João Paulo Lima

Dirceu passa feriadão em praia na Bahia

Foto: Edson Ruiz / EstadãoFoto
O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal Federal a 10 anos e 10 meses de prisão no julgamento do mensalão, passa o feriadão em condomínio fechado localizado numa praia de Camaçari, litoral da Bahia, informa Cláudio Humberto na sua coluna, detalhando a casa foi emprestada por Manuel Martinez, empresário do setor imobiliário.
''O ex-ministro foi condenado pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa e, se a decisão for mantida, terá de cumprir a pena em regime fechado, já que a punição é superior a 8 anos. Dirceu também foi condenado a pagar uma multa de R$ 676 mil. A pena está sujeita à alteração até o final do julgamento.''

Fonte: Blog do Magno 

Maior jornal da Espanha faz elogios a Dilma e ao Brasil


O espaço dedicado a Dilma no El Pais é um retrato dos novos tempos. Até recentemente, a Espanha e suas empresas miravam o Brasil como um território a mais na sua reconquista da América Latina. E companhias ibéricas, como o Santander, a Telefônica e a Iberdrola, foram os grandes atores da privatização de setores como o financeiro, o de telecomunicações e o de energia no Brasil. Hoje, a Espanha está mergulhada em profunda recessão, com mais de 25% da população desempregada, e pede ajuda ao Brasil para que invista no outro lado do Atlântico e para que conceda vistos a profissionais qualificados.
Dilma, 'la fuerte', é, portanto, uma das esperanças de salvação do governo espanhol. Ao editor Cebrián, a presidente brasileira enviou mensagens importantes sobre como enfrentar a crise. 'O problema europeu não é seu estado de bem-estar social, mas sim o fato de terem aplicado soluções inadequadas contra a crise, que resultaram num empobrecimento da classe média', disse Dilma. 'Se continuarem assim, vocês produzirão uma recessão generalizada'.
A presidente lembrou que o Brasil incorreu no mesmo erro. 'Nós vivemos isso. O Fundo Monetário Internacional nos impôs um processo que chamaram de ajuste e agora definem como austeridade. Era preciso cortar todos os gastos, tanto correntes como de investimento. Esse processo gerou a quebra de praticamente toda a América Latina na década de 80'.
Cebrián destacou em seu texto que Dilma é hoje considerada uma das três mulheres mais poderosas do mundo, ao lado de Hillary Clinton, secretária de Estado dos Estados Unidos, e Angela Merkel, chanceler alemã. Como Hillary deixa o cargo no fim do ano, restam duas: Dilma e Merkel, que apontam visões distintas sobre como enfrentar a crise. Enquanto a alemã simboliza a austeridade, Dilma defende políticas contracíclicas, como tem sido feito no Brasil desde 2008.
A presidente brasileira afirmou ao jornalista espanhol que expôs seus pontos de vista à chanceler alemã. 'Disse em todas as reuniões do G20 que a Europa passa por algo que já experimentamos na América Latina. Há uma crise fiscal, uma crise de competitividade e uma crise bancária. E as receitas aplicadas estão causando uma recessão brutal. Sem investimento, será impossível sair dela', disse. 'É preciso pagar as dívidas, mas também é preciso tempo para que os países o façam em condições sociais menos adversas; não apenas por razões éticas, mas também econômicas.'
Dilma disse ainda que o euro é um projeto inacabado, apontando o que talvez seja a saída para a Espanha – uma autonomia monetária maior, que permita ao país maior flexibilidade para enfrentar a maior recessão de sua história. Ela disse ainda que 'distribuir renda é uma exigência moral, mas também uma premissa para o crescimento.'
O fato incontestável é que o Brasil passou a ser ouvido com respeito cada vez maior dos interlocutores internacionais. Dilma é chamada de 'la fuerte' sobretudo porque o Brasil também apresenta hoje uma boa solidez econômica. (Informações do BR247)

Fonte: Blog do Magno

Maior jornal da Espanha faz elogios a Dilma e ao Brasil


O espaço dedicado a Dilma no El Pais é um retrato dos novos tempos. Até recentemente, a Espanha e suas empresas miravam o Brasil como um território a mais na sua reconquista da América Latina. E companhias ibéricas, como o Santander, a Telefônica e a Iberdrola, foram os grandes atores da privatização de setores como o financeiro, o de telecomunicações e o de energia no Brasil. Hoje, a Espanha está mergulhada em profunda recessão, com mais de 25% da população desempregada, e pede ajuda ao Brasil para que invista no outro lado do Atlântico e para que conceda vistos a profissionais qualificados.
Dilma, 'la fuerte', é, portanto, uma das esperanças de salvação do governo espanhol. Ao editor Cebrián, a presidente brasileira enviou mensagens importantes sobre como enfrentar a crise. 'O problema europeu não é seu estado de bem-estar social, mas sim o fato de terem aplicado soluções inadequadas contra a crise, que resultaram num empobrecimento da classe média', disse Dilma. 'Se continuarem assim, vocês produzirão uma recessão generalizada'.
A presidente lembrou que o Brasil incorreu no mesmo erro. 'Nós vivemos isso. O Fundo Monetário Internacional nos impôs um processo que chamaram de ajuste e agora definem como austeridade. Era preciso cortar todos os gastos, tanto correntes como de investimento. Esse processo gerou a quebra de praticamente toda a América Latina na década de 80'.
Cebrián destacou em seu texto que Dilma é hoje considerada uma das três mulheres mais poderosas do mundo, ao lado de Hillary Clinton, secretária de Estado dos Estados Unidos, e Angela Merkel, chanceler alemã. Como Hillary deixa o cargo no fim do ano, restam duas: Dilma e Merkel, que apontam visões distintas sobre como enfrentar a crise. Enquanto a alemã simboliza a austeridade, Dilma defende políticas contracíclicas, como tem sido feito no Brasil desde 2008.
A presidente brasileira afirmou ao jornalista espanhol que expôs seus pontos de vista à chanceler alemã. 'Disse em todas as reuniões do G20 que a Europa passa por algo que já experimentamos na América Latina. Há uma crise fiscal, uma crise de competitividade e uma crise bancária. E as receitas aplicadas estão causando uma recessão brutal. Sem investimento, será impossível sair dela', disse. 'É preciso pagar as dívidas, mas também é preciso tempo para que os países o façam em condições sociais menos adversas; não apenas por razões éticas, mas também econômicas.'
Dilma disse ainda que o euro é um projeto inacabado, apontando o que talvez seja a saída para a Espanha – uma autonomia monetária maior, que permita ao país maior flexibilidade para enfrentar a maior recessão de sua história. Ela disse ainda que 'distribuir renda é uma exigência moral, mas também uma premissa para o crescimento.'
O fato incontestável é que o Brasil passou a ser ouvido com respeito cada vez maior dos interlocutores internacionais. Dilma é chamada de 'la fuerte' sobretudo porque o Brasil também apresenta hoje uma boa solidez econômica. (Informações do BR247)

Fonte: Blog do Magno

Tremor é registrado em João Câmara, no Rio Grande do Norte


Uma atividade sísmica foi registrada na falha de Samambaia-Lagoa Rachada, no Rio Grande do Norte. O tremor - que atingiu a magnitude 2.8 - aconteceu após um longo período de baixa atividade sísmica na região de João Câmara e foi registrado às 21h41 da última sexta-feira (16).

A informação foi divulgada pelo blog Sismos do Nordeste, que tem por finalidade divulgar notícias sobre os tremores de terra que ocorrem no Nordeste brasileiro e assuntos correlatos. É de responsabilidade do Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN), Departamento de Geofísica (DGEF), Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET). 

Fonte: Diário de PE

A pior seca de três décadas já afeta 10 milhões no Nordeste

Segundo a Codecipe, 125 das 184 cidades pernambucanas decretaram situação de emergência, sendo 117 reconhecidas pelo governo federal (Annaclarice Almeida/DP/D.A Press)
Segundo a Codecipe, 125 das 184 cidades pernambucanas decretaram situação de emergência, sendo 117 reconhecidas pelo governo federal
























A pior seca dos últimos 30 anos já atinge dez milhões de pessoas em 1.317 municípios brasileiros. Os estados mais atingidos pela estiagem são Bahia, Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí, mas há cidades em situação de emergência em todo o Nordeste, segundo o Ministério da Integração Nacional. E o panorama deve piorar. A expectativa é que só volte a chover na maior parte da região em janeiro. Dos cinco estados mais afetados, apenas a Bahia registrou chuvas em novembro.

Na semana passada, o governo federal anunciou o envio de R$ 1,8 bilhão para a construção e ampliação de barragens, adutoras e sistemas de abastecimento que devem aumentar a oferta de água no Nordeste e no norte de Minas Gerais nos próximos anos. As primeiras obras serão entregues apenas no final do primeiro semestre de 2014, segundo o Ministério da Integração

Ainda assim, o drama da seca deve continuar. O principal programa de irrigação da região, por exemplo, só deve ter sua expansão concluída em 2017, segundo estimativa do diretor de produção do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS), Laucimar Loyola.

Este ano, emergencialmente, a União destinou R$ 232,6 milhões para bolsa-estiagem; R$ 15 milhões para recuperação de poços; e outros R$ 310 milhões para envio de carros-pipa a fim de atenuar os efeitos da estiagem, que já dura um ano em alguns lugares.

Lavouras perdidas

O Piauí é um dos estados mais atingidos. A seca castiga 200 dos 224 municípios do estado. Um terço da população - mais de um milhão de pessoas - sofre com as consequências da falta de chuvas. Segundo o secretário estadual de Defesa Civil, Ubiraci Carvalho, no semiárido não existe registro de chuva há um ano, e os agricultores perderam 100% das lavouras de feijão, arroz e milho:

O governo de Pernambuco classificou a seca como a pior dos últimos 40 anos. Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil (Codecipe), 125 das 184 cidades pernambucanas decretaram situação de emergência, sendo 117 reconhecidas pelo governo federal. "Nesta época do ano, era para a gente estar pisando nos cajus", lamenta o produtor João Alves de Lima, que tem uma plantação de dez hectares no sertão pernambucano que, nas safras passadas, chegou a contabilizar duas toneladas da fruta. Este ano, ele não sabe se conseguirá colher dez quilos de caju."

Em Alagoas, a falta de água atinge até os mais ricos: os usineiros. De acordo com o Sindicato dos Produtores de Açúcar e Álcool do Estado (Sindaçúcar), o terceiro mês de safra acumula uma queda de 5% da produção. Levantamento do sindicato aponta redução na safra de cana-de-açúcar pelo terceiro mês consecutivo. As perdas são de 15%, em relação ao mesmo período do ano passado. Os prejuízos, nas contas do Sindaçúcar, estão entre R$ 480 milhões e R$ 600 milhões.

De setembro a outubro, foram produzidas pelas unidades produtoras alagoanas 470 mil toneladas de açúcar e 93.916 milhões de litros de etanol. Os números apresentados representam uma redução em comparação a safra 11/12 de, respectivamente, -17,54% e -31%, disse o sindicato, em nota.

De acordo com o professor de Economia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Cícero Péricles, apesar de o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontar que a seca do Nordeste é a pior dos últimos 50 anos, as obras hidráulicas estão impedindo dois cenários conhecidos: a migração de nordestinos e as frentes de trabalho, para escapar dos efeitos da estiagem. 

"A agricultura do sertão nordestino tem uma particularidade. Mesmo em anos chuvosos, trabalha a maior parte do tempo em clima seco, o que determina a necessidade de tecnologias hidráulicas, principalmente, para atender essa população. Na agricultura familiar, temos a cisterna, sistemas de irrigação particulares e a oferta pública de água, como adutoras, canais, barragens subterrâneas. Isso faz com que, em secas como esta, os efeitos sejam minimizados."

Mais da metade das cidades baianas também está em situação de emergência, e quase três milhões de pessoas já foram afetadas. O setor da agropecuária é o que mais enfrenta prejuízos. Segundo a Federação da Agricultura e Pecuária (Faeb), culturas como milho, feijão e mamona tiveram perda total da safra, e 60% dos rebanhos de caprinos e ovinos morreram. Na região produtora do sisal, que envolve cidades como Barra do Choça e Araci, 15 mil postos de trabalho foram fechados.


Fonte: Diário de PE

UFRPE irá construir novo campus no Cabo


Estudantes da Região Metropolitana do Recife e da Mata Sul do Estado podem comemorar novas ofertas de cursos superiores na área de engenharia e tecnologia. Na próxima segunda-feira (19), o prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, e a reitora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Maria José de Sena, irão oficializar a doação de um terreno de 20 hectares por parte do município para a construção de um novo campus da instituição. A cerimônia acontecerá partir das 15h, na sede do poder municipal.
A expectativa é que o campus comece a funcionar em 2014, oferecendo três mil vagas. A previsão é que, em até dez anos, sejam oferecidas dez mil vagas de graduação, além das pós-graduações, que podem aumentar esse número em até 50%. Inicialmente, serão geradas 367 vagas de empregos, entre professores, servidores e técnicos. O custo da obra está estimado em R$ 150 milhões.
Visando abastecer o mercado Complexo Industrial Portuário de Suape, a unidade deverá oferecer cinco cursos diurnos de Engenharia, que ainda serão definidos. “O campus terá capacidade para oferecer até 26 cursos na área de tecnologia, mas inicialmente só temos a autorização para abrir cinco. Estamos fazendo uma análise para definir que carreiras serão oferecidas”, pontuou o pró-reitor de Planejamento da UFRPE, Romildo Morant de Holanda. A definição das graduações vai depender da aprovação do Conselho Universitário.

Para o secretário de Assuntos Jurídicos do Cabo, Paulo Farias, a novidade terá um grande impacto na vida da cidade. “A partir de agora, o Cabo será inserido na rota do conhecimento, já que receberemos não só um campus da UFRPE, como também do IFPE. Esse fato vai incrementar também a economia, já que as empresas buscarão o nosso município certas de que teremos mão de obra de qualidade a oferecer”, pontuou.
A expectativa da reitoria é que o processo licitatório para a escolha da empreiteira que vai erguer o novo campus da UFRPE comece em fevereiro. Romildo Holanda explicou que os recursos para a construção da primeira etapa, no valor estimado de R$ 35 milhões, já estão liberados pelo Ministério da Educação. A previsão é de que a obra comece no início de 2013.
O acesso dos alunos, professores e funcionários ao futuro campus será feito por duas rodovias, a BR-101 Sul e a PE-60. A intenção da reitoria é que, com a implantação da unidade, haja uma parceria com o Governo do Estado para a implantação de um Parque Tecnológico. Este será o quarto campus da universidade, que já está instalada no Recife (bairro de Dois Irmãos), dois em Garanhuns e um em Serra Talhada.

UFPE
Na próxima segunda-feira (19), a Comissão de Vestibular (Covest) da UFPE irá anunciar o cronograma completo e o quadro de vagas do Vestibular 2013. As provas da segunda fase serão aplicadas nos dias 13 e 14 de janeiro do próximo ano. Segundo a assessoria de Imprensa da universidade, serão apresentados o cronograma completo do Vestibular 2013, incluindo período de inscrições, prazo de solicitação de isenção da taxa de inscrição e datas dos testes de habilidades em música, entre outras informações.

Fonte: Folha de PE

domingo, 18 de novembro de 2012

Maior jornal da Espanha faz elogios a Dilma e ao Brasil


O espaço dedicado a Dilma no El Pais é um retrato dos novos tempos. Até recentemente, a Espanha e suas empresas miravam o Brasil como um território a mais na sua reconquista da América Latina. E companhias ibéricas, como o Santander, a Telefônica e a Iberdrola, foram os grandes atores da privatização de setores como o financeiro, o de telecomunicações e o de energia no Brasil. Hoje, a Espanha está mergulhada em profunda recessão, com mais de 25% da população desempregada, e pede ajuda ao Brasil para que invista no outro lado do Atlântico e para que conceda vistos a profissionais qualificados.
Dilma, 'la fuerte', é, portanto, uma das esperanças de salvação do governo espanhol. Ao editor Cebrián, a presidente brasileira enviou mensagens importantes sobre como enfrentar a crise. 'O problema europeu não é seu estado de bem-estar social, mas sim o fato de terem aplicado soluções inadequadas contra a crise, que resultaram num empobrecimento da classe média', disse Dilma. 'Se continuarem assim, vocês produzirão uma recessão generalizada'.
A presidente lembrou que o Brasil incorreu no mesmo erro. 'Nós vivemos isso. O Fundo Monetário Internacional nos impôs um processo que chamaram de ajuste e agora definem como austeridade. Era preciso cortar todos os gastos, tanto correntes como de investimento. Esse processo gerou a quebra de praticamente toda a América Latina na década de 80'.
Cebrián destacou em seu texto que Dilma é hoje considerada uma das três mulheres mais poderosas do mundo, ao lado de Hillary Clinton, secretária de Estado dos Estados Unidos, e Angela Merkel, chanceler alemã. Como Hillary deixa o cargo no fim do ano, restam duas: Dilma e Merkel, que apontam visões distintas sobre como enfrentar a crise. Enquanto a alemã simboliza a austeridade, Dilma defende políticas contracíclicas, como tem sido feito no Brasil desde 2008.
A presidente brasileira afirmou ao jornalista espanhol que expôs seus pontos de vista à chanceler alemã. 'Disse em todas as reuniões do G20 que a Europa passa por algo que já experimentamos na América Latina. Há uma crise fiscal, uma crise de competitividade e uma crise bancária. E as receitas aplicadas estão causando uma recessão brutal. Sem investimento, será impossível sair dela', disse. 'É preciso pagar as dívidas, mas também é preciso tempo para que os países o façam em condições sociais menos adversas; não apenas por razões éticas, mas também econômicas.'
Dilma disse ainda que o euro é um projeto inacabado, apontando o que talvez seja a saída para a Espanha – uma autonomia monetária maior, que permita ao país maior flexibilidade para enfrentar a maior recessão de sua história. Ela disse ainda que 'distribuir renda é uma exigência moral, mas também uma premissa para o crescimento.'
O fato incontestável é que o Brasil passou a ser ouvido com respeito cada vez maior dos interlocutores internacionais. Dilma é chamada de 'la fuerte' sobretudo porque o Brasil também apresenta hoje uma boa solidez econômica. (Informações do BR247)

Fonte: Blog do Magno

sábado, 10 de novembro de 2012

Brasil tem nova bilionária na lista dos mais ricos do mundo


 O primeiro ranking de bilionários da revista Bloomberg Markets que circulará mundialmente nos próximos dias mostrará 30 ricaços que nunca integraram este tipo de lista – destes, seis são do Brasil. Além dos bilionários brasileiros de sempre – Eike Batista (28º colocado) e Jorge Paulo Lemann (37º) à frente, num total de treze – a lista apresenta o nome de: Dirce Navarro de Camargo (Camargo Corrêa), que aparece no 64º lugar, com uma fortuna de 13,4 bilhões de dólares.

Abaixo dela, estão Roberto Irineu Marinho (167º lugar, com 6,9 bilhões de dólares), João Roberto Marinho e José Roberto Marinho (Organizações Globo), Maria Helena Moraes Scripilliti e Ermirio Pereira de Moraes (Votorantim) e Walter Faria (Cervejaria Petrópolis).

Fonte: Blog do Magno Martins

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Escola de Pernambuco ganha prêmio de gestão nacional


Do JC Online

Instituição recebeu prêmio pelo modelo de gestão / Ademar Filho/Divulgação

Instituição recebeu prêmio pelo modelo de gestão

Ademar Filho/Divulgação

A Escola Estadual Tomé Francisco da Silva, no município de Quixaba, no Sertão pernambucano, foi a grande vencedora do Prêmio de Gestão Escolar (PGE) 2012. Com o resultado, a escola se consagra como Escola Referência Brasil em gestão escolar e experiências inovadoras na Educação, depois de disputar o título com outras 9.693 instituições de ensino. A premiação aconteceu no auditório do Ibirapuera, em São Paulo, na tarde desta segunda-feira (5).
Seis escolas chegaram à final do prêmio e receberam R$ 10 mil pela conquista, além de um diploma de Escola Destaque Nacional. A Tomé Francisco, por ter sido a primeira colocada, recebeu R$ 30 mil e o título de Escola Referência Brasil. Como resultado de uma gestão inovadora, participativa e preocupada com o aprendizado de todos os alunos, a unidade se tornou referência na educação pública de Pernambuco, chegando a ser finalista do PGE no ano de 2008.
Pais envolvidos, equipe docente preparada e gestor atuante. Se houvesse um a fórmula para o sucesso pedagógico, o secretário de Educação, Anderson Gomes, não hesitaria em começar por esses três pontos. “A Tomé Francisco conseguiu, ao longo dos últimos anos, reunir professores, gestores e família em torno educação escolar. O comprometimento da comunidade escolar é indispensável. O sucesso acontece quando todos trabalham em equipe, em busca de bons resultados”, analisou Gomes.
Para o gestor da escola, Ivan Nunes, que atua no cargo há 13 anos, essa é uma vitória de toda a comunidade da escola. “Os pais têm muita parte nisso, sempre contamos com muito apoio da família”, festejou Ivan, após a premiação. “Estamos mostrando que, mesmo em uma comunidade carente, no Sertão nordestino, podemos fazer uma escola pública de qualidade”.
A qualidade da gestão escolar tem produzido ótimos resultados em sala de aula. No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), aferido pelo Ministério da Educação (MEC), a Escola Estadual Tomé Francisco da Silva ficou entre as dez melhores do Brasil nos anos iniciais do ensino fundamental, com média 7. O sucesso foi repetido no Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (Idepe), promovido pela Secretaria de Educação com os mesmos métodos do Ideb. Com média 7,42 também nos anos iniciais, a escola foi a mais bem avaliada entre todas as escolas pernambucanas.
A unidade foi fundada em 1962, no vilarejo de Lagoa da Cruz, zona rural do município. De lá para cá, muita coisa mudou: hoje atende a cerca de 800 estudantes, do 1º ano do ensino fundamental, ao 3º ano do ensino médio, muitos deles já premiados com medalhas em competições como as Olimpíadas de Matemática e de Português.
PGE – O Prêmio Gestão Escolar visa melhorar o sistema educacional brasileiro, por meio de um processo formativo focado no ensino de qualidade com a participação da comunidade. Ele é realizado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos; Fundação Roberto Marinho; Instituto Unibanco; Fundação SM, Fundação Itaú Social; Instituto Gerdau; Fundação Victor Civita; União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime); Ministério da Educação (MEC); Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e Instituto Natura.

Fonte: JC